ANUNCIO TESTE 2

Sam Altman discute retorno ao comando da OpenAI, criadora do ChatGPT

ANUNCIO TESTE


Segundo o jornal ‘The New York Times’, Altman e Greg Brockman, dois altos executivos da OpenAI, estão conversando novamente com os membros do conselho sobre o retorno à startup de inteligência artificial. Sam Altman fala na Conferência Digital do Wall Street Journal em Laguna Beach, Califórnia, EUA, em 18 de outubro de 2017.
REUTERS/Lucy Nicholson/File Photo
Sam Altman, ex-presidente-executivo da OpenAI, desenvolvedora do ChatGPT, está em conversas com o conselho da empresa para retornar ao cargo. A informação é do jornal americano “The New York Times”.
A OpenAI surpreendeu o mercado na sexta-feira (17) ao anunciar a demissão de Altman e sua saída do conselho. Segundo o jornal, os investidores da OpenAI e apoiadores de Altman pressionaram os quatro membros do conselho da startup para trazê-lo de volta.
Quem é Mira Murati, a executiva albanesa que assume o comando da OpenAI, criadora do ChatGPT
Além dele, Greg Brockman também negocia seu retorno. Ele também é cofundador da startup e ocupava o cargo de presidente da OpenAI, mas se demitiu após a saída de Altman.
De acordo com o jornal “The New York Times”, a Microsoft estaria liderando a campanha de pressão pela volta de Altman. A empresa tem investimentos de US$ 13 bilhões na OpenAI.
Por fim, o jornal informa que foi ventilada a possibilidade de que um grupo de investidores estava disposto a aportar recursos em uma nova empresa comandada por Altman, para concorrer com a criadora do ChatGPT.
Saída anunciada na sexta
A demissão de Altman foi informada em um comunicado da OpenAI, em que foram feitas duras críticas ao executivo e dizendo que ele “não era consistentemente sincero nas suas comunicações com o conselho, prejudicando a sua capacidade de exercer as suas responsabilidades”.
“O conselho não confia mais na capacidade dele de continuar liderando a OpenAI”, disse a empresa.
Cerca de uma hora depois da divulgação de sua saída, Altman publicou no X (ex-Twitter): “Adorei meu tempo na OpenAI. Foi transformador para mim pessoalmente e, espero, que tenha sido um pouco para o mundo. Acima de tudo, adorei trabalhar com pessoas tão talentosas.”
“Eu terei mais a dizer mais tarde sobre o que vem a seguir”, completou o ex-CEO da empresa.
Altman é um dos cofundadores da OpenAI junto com o bilionário Elon Musk. A companhia foi criada em 2015 como uma iniciativa sem fins lucrativos, mas, em 2019, foi restruturada e passou a levantar capital de investidores.
A OpenAI chamou atenção do mundo em 2022 com o robô conversador ChatGPT e o robô desenhista DALL-E. As ferramentas se tornaram fenômeno e atraíram empresas como a Microsoft, que investiu bilhões na companhia.
Nova presidente
Mira Murati, presidente interina da OpenAI, em foto de 6 de novembro de 2023
AP Photo/Barbara Ortutay
A empresa afirmou que sua diretora de tecnologia da OpenAI, Mira Murati, que exerce um cargo de liderança na empresa há cinco anos, é a nova presidente interina e que está buscando um novo presidente efetivo.
Sobre a presidente interina, o conselho afirmou que tem “a maior confiança na capacidade dela de liderar a OpenAI durante este período de transição”.
A diretoria da OpenAI afirmou que a empresa foi estruturada para garantir que a inteligência artificial beneficie toda a humanidade.
“O conselho continua totalmente comprometido em cumprir esta missão. Somos gratos pelas muitas contribuições de Sam para a fundação e crescimento da OpenAI. Ao mesmo tempo, acreditamos que é necessária uma nova liderança à medida que avançamos”.
Quem é Sam Altman
Altman estudou ciência da computação na Universidade Stanford, nos EUA, mas não concluiu o curso.
Em 2005, junto com amigos, Altman dedicou-se a desenvolver a sua primeira ideia, o Loopt, um aplicativo para compartilhar a localização com outras pessoas que não teve muito impacto.
Entre 2014 e 2019, ele presidiu a Y Combinator, uma aceleradora de startups que investiu nos primeiros anos de plataformas como Airbnb e Dropbox.
Conheça o ChatGPT, a tecnologia que viralizou por ter resposta para (quase) tudo

ANUNCIO TESTE 3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *